Dias cinzentos=Dias tristes

23:15

Às vezes, tem dias em que eu acordo me olho no espelho e me sinto triste, mas não é uma tristeza comum que vem e passa logo, uma tristeza que vem e fica, que chega e estaciona dentro de mim, uma tristeza tão forte, que deixa de lado o meu sorriso, o meu bom humor, a minha alegria em si. Uma tristeza tão forte, quase como uma pedra, quase como quando a gente perde alguém que a gente ama, que amamos incondicionalmente. É como se colocassem uma faca dentro de mim sem pedir autorização, sem avisar, sem dar explicações, é como se cada coisa que me deixa triste fosse empurrando e empurrando cada vez mais essa faca para dentro do meu coração, até estar totalmente dentro de mim. Diminuindo cada vez mais o meu coração, apertando-o, transformando-o no tamanho de uma pequena moeda, porem pesado, pesado como um caminhão. E como se todo esse peso fosse de raiva, ódio, e amor. Raiva e ódio de uma pessoa, uma pessoa que eu amei, adorei, que cuidei como uma irmã e que mesmo sendo muito amada me iludiu, disse-me coisas que não eram verdade, que contava todas minhas coisas pessoais, todos os meus desabafos, que provavelmente me meteu com fama de algo, tudo graças a muitas das coisa que eu lhe contei. E o que dói, não é o amor, não é ele que dói, e sim a maneira de recordar o sofrimento, o odio, a raiva mesmo depois de já ter ultrapassado isso. E muitas vezes estes sentimentos só melhoram quando me expresso, mas não contando para alguém porque isso não é fácil, pois é uma coisa muito pessoal e provavelmente a pessoa vai dizer "Ahh, segue em frente né, deixa essas magoas ja passou mesmo", hoje em dia guardar tudo para nós é o melhor metodo, pois nos dias que correm ninguem pode confiar em ninguem, e falo por expriencia propria. As pessoas podem chegar a chamar-me de louca, mas não entendem o que eu sinto, não entendem a dor de ser traida, de acreditar que alguem estaria ali para nos segurar e hoje? Hoje ela não olhar nem na nossa cara, não sabem o que é pensar que podiamos contar tudo naquela pessoa e que no fim de contas ela andava a contar tudo para todo o mundo, não sabem o que é sentir ódio, raiva e nojo por uma filha da puta que nos traio e que um dia chamamos de "amiga". 

You Might Also Like

0 comentários