Ilustração: Os prós e os contra de ter cabelo encaracolado

17:00

As meninas de cabelo encaracolado vão provavelmente identificar-se com estas situações! E como quase todas as vezes, nós muitas das vezes só vemos o lado negativo da coisa mas a verdade é que existem vários benefícios por se ter um cabelo encaracolado. 
Dei uma "pesquizinha" (foi mais pesquizona mas pronto kkk) na Internet e acabei por encontrar estas ilustrações bastante fofinhas da Naturally Curly, que mostra com desenhos o lado bom e o lado mau de ter cabelos encaracolados, e acreditem que não são só as neguinhas, brasileiras e assim (por assim dizer cabelos crespos) que tem bastante dificuldade em arranjar um jeito de domar os seus caracois, as branquinhas também têm bastante dificuldade! Vamos lá então conhecer um pouco dos prós e contras para raparigas com cabelos encaracolados. 

Curly haired girls will probably identify with these situations! And like almost every time, we often only see the negative side of it but the truth is that there are a number of benefits by having a curly hair. 
I did a "little research" (it was more extensive research but ok kkk) on the Internet and I find these very cute illustrations of Naturally Curly, which shows with drawing the good side and the bad side of having curly hair, and believe me it's not just black women, brazilian and thus (as it frizzy hair) that has a lot of difficulty finding a way to tame their curls, white girls also have enough difficulty! Let's see some of the pros and cons for girls with curly hair. 

ps: Não levem esta pequena descrição como uma diferença racial ou racismo, muito pelo contrário eu sou totalmente contra o racismo, mas foi o único jeito de diferenciar os tipos de cabelos encaracolados, visto que as (ou de descendência) africanas e brasileiras tem eles mais crespos e um volume bem maior, as brancas (portuguesas, inglesas, francesas, brasileiras enfim desde que seja de  genes brancos) tem eles um pouco mais finos, com volume e caracóis mais "soltinhos". Espero que entendam e que ninguém se ofenda pois não era minha intenção, só aqui entre nós, já quis ter cabelo crespo!

ps: Don't take this short description as a racial difference or racism, quite the contrary I am totally against racism, but it was the only way to differentiate the types of curly hair, since the (or offspring) African and Brazilians have their hair more frizzy and a much larger volume, white girls (English, French, Portuguese, Brazilian, anyway as long as it's white genes) has them a little thinner, with volume and curls more "free". I hope you understand that and no one be offended because it was not my intention, just between us, I wanted to have freezy curly hair!




















You Might Also Like

1 comentários